VÍDEO: égua presa no 3º andar de prédio no RS é resgatada por bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul resgatou uma égua que estava presa no 3º andar de um prédio.

VÍDEO: égua presa no 3º andar de prédio no RS é resgatada por bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul resgatou uma égua que estava presa no 3º andar de um prédio. O resgate, que durou aproximadamente 7 horas, aconteceu no município de São Leopoldo, cerca de 35 km de Porto Alegre, nesta terça-feira (14). 

Os bombeiros conseguiram içar a égua por meio de uma técnica de salvamento chamada de tirolesa dinâmica, “uma técnica extremamente pontual, que não pode ter erros”, como contou um dos agentes. O salvamento envolveu cerca de 15 pessoas.

Confira o momento em que o animal é resgatado:

De acordo com publicação do governo do Rio Grande do Sul, não havia pessoas no condomínio onde estava o animal, devido às cheias.

Ao g1, o síndico do condomínio contou que a égua estava há dez dias no local. Ainda segundo a publicação, o animal foi alimentado e bebeu água após o resgate. Informações sobre o local para onde ele será levado não foram divulgadas.

Chuva deve voltar ao estado nesta quinta (16)

Em relatório publicado ontem (14), a Defesa Civil de São Leopoldo afirmou que chuvas de nível moderado a forte devem voltar a grande parte do estado na quinta-feira (16).

A prefeitura da cidade também alerta aos moradores das áreas alagadas que não retornem às suas casas e permaneçam nos abrigos ou casas de familiares e amigos.

O órgão emitiu alerta para os seguintes bairros: Vicentina, Paim, São Miguel, Campina, Scharlau, Jardim Fênix, Rio dos Sinos, Santos Dumont, Vila Brás, Vila Brasília, Jardim Viaduto, Vila Glória, Pinheiro, Independência, São Geraldo, Madezzati e Centro.

O risco é de que haja inundação que pode atingir o patamar da semana passada, quando houve o extravasamento do Rio dos Sinos e o transbordo das águas no Sistema de Contenção de Cheias, afirmou a Defesa Civil em nota.

*Sob supervisão de Luis Roberto Toledo